Para a Trisoft, lixo é palavra ultrapassada 

0
3

Entenda por quê, para a maior fabricante de produtos com lã de PET da América Latina, que já retirou mais de 1 bilhão de garrafas do meio ambiente, a palavra lixo, na concepção atual, deveria ser abolida do dicionário.

Para a Trisoft, lixo é palavra ultrapassada Segundo Maurício Cohab, Diretor da Trisoft, que inaugurou o mercado de materiais reciclados e 100% recicláveis para mais de 70 setores da indústria brasileira, o significado real do verbete lixo deveria ser: “local em que matérias primas valiosas eram jogadas fora e desperdiçadas”. Qual o motivo? Ele explica: “tudo pode ser reciclado, inclusive e principalmente o que é biodegradável. Existem biodigestores que aproveitam a fermentação de dejetos biodegradáveis para gerar energia elétrica. Fora isso, materiais sólidos precisam virar matéria prima, esse é o futuro, não há como fugir”, enfatiza.

Nada deveria ser considerado lixo, os aterros sanitários devem ser banidos, porque tudo pode ser retornado ao processo produtivo. “A definição de lixo precisa ser urgentemente repensada”, reforça Maurício.  Mas é sabido que a indústria, em sua grande maioria, não está preparada para o reaproveitamento de resíduos. Além disso, temos uma falta gigante de políticas públicas que contribuam, pensem e tracem um plano definido, claro e que fomente as indústrias a mudarem sua forma de pensar e agir com relação à geração de resíduos.

“Infelizmente”, segue Maurício, “o empresário ainda tem que ser virar sozinho. E apenas alguns setores conseguem ser mais organizados, outros estão órfãos de um direcionamento. Mas o que entendemos é que o que hoje é tendência vai virar uma obrigação. E temos como comprovar”, reflete. O que o Diretor da maior fabricante de produtos com lã de PET da América Latina quer dizer é que o consumidor está mais informado e exigente: “o mercado dá preferência para produtos ecologicamente corretos. Uma consciência que começou a ser plantada há cerca de 20 anos e que já deu frutos, criou uma geração mais informada”.

Por outro lado, as próprias indústrias estão começando a apostar na logística reversa, ou seja, na adequação do descarte e reutilização de resíduos de seus produtos. Maurício revela: “embora as empresas acabem tendo que construir projetos que não sejam nomeados de logística reversa, para evitar tributos exagerados, já temos grandes players do mercado de colchões, por exemplo, se organizando para entrar definitivamente nesse processo”. Ele explica que a chave é oferecer incentivos ao consumidor final: “no caso dos colchões, é possível oferecer desconto para quem devolver o colchão usado na hora de comprar um novo, por exemplo”.

Em contrapartida, claro, é preciso que se reveja regras para o descarte do produto: “deveria ser proibido jogar colchões nas ruas ou sobre caçambas”, lembra Cohab. “Com uma movimentação maior da população e do meio corporativo, estamos mais perto de tornar isso uma realidade”, pondera. Maurício lembra que não herdamos a terra de nossos pais, estamos construindo aquela que será o futuro, então são nossos filhos que vão nos cobrar novas posturas. Para ele, o mercado já é seletivo e excludente: “não vejo futuro para empresas que se colocam em uma modalidade de trabalho que desrespeita o planeta”, opina.

Maurício tem propriedade para falar. Transformou a empresa fundada por seu pai em uma companhia limpa, que eliminou a água e a resina do processo produtivo e que investiu em maquinário próprio e produtos exclusivos e patenteados. “Foi e ainda é preciso educar o mercado”, revela Cohab, que continua: “tivemos que ir aos poucos desconstruindo a velha mentalidade de que em time que está ganhando não se mexe, que muitas empresas que tinham uma posição confortável no mercado se colocavam. Times que estão ganhando podem ser aperfeiçoados e modernizados, não dá pra parar no tempo”, finaliza ele.

Sobre a Trisoft
A Trisoft é a maior empresa da América Latina. Atuando há mais 55 anos no mercado, com qualidade, seriedade e responsabilidade sócio ambiental, investe em tecnologia para o desenvolvimento de produtos, transformando a despoluição do planeta em matérias primas para fazer produtos que melhoram a vida das pessoas.

Trisoft | +55 11 4143-7900 | www.trisoft.com.br | [email protected]

Comentários

commentários