O Autoconhecimento e a auto-aceitação

0
4

Todos os dias acordamos com uma embalagem diferente. A sociedade nos enxerga e imediatamente nos rotula para nos encaixar em alguma prateleira da vida. Mas o que as pessoas precisam perceber é que só aceitam os rótulos se quiserem. Porque o mundo não foi feito assim com rótulos. Claro que ele tem condições sociais, tem estímulos sociais, e é sensato a gente se adequar à sociedade. Mas é completamente insensato você criar um rótulo para a sociedade te aceitar se você não se aceita como é. Assim, você se joga em milhões de crises.

Para não cair nisso, é preciso ter amor próprio. Quando a gente percebe quais são os nossos dons e os nossos talentos, essa é a nossa vestimenta. Sem rótulos enxergamos melhor as causas e as consequências de sermos quem somos. Se você tem amor próprio, se aceita. E quando você se aceita, é fatal que os outros te aceitem também.

A luta pelo amor próprio é uma luta constante. Todo dia a gente tem de prestar atenção nas nossas qualidades, não só nos defeitos. Acredito que o amor próprio e a auto-estima estejam muito ligados à sua imagem refletida em um espelho interno. Quando deixamos de querer ser um modelo de beleza e passamos a ser um modelo de saúde e equilíbrio, nos tornamos extremamente belos. É um exercício diário.

Não aceite um rótulo quando você é uma poesia.

Cadastre-se no meu site para receber dicas e inspirações sobre trabalho e bem viver: www.flavialippi.com.br

Comentários

commentários