Licença PETernidade: Bayer incentiva a adoção de animais com deficiência

0
102

Bayer promove licença PETernidade para colaboradores que adotarem animais com deficiência

No Brasil existem mais de 30 milhões de cachorros e gatos abandonados, segundo estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), mas ainda não se sabe quantos destes possuem algum tipo de deficiência. A única certeza é que eles são os mais rejeitados nas feiras de adoção. Por este motivo, em 2018, o Dia do Bem-Estar Animal (4 de outubro) será totalmente dedicado a estes animais que inspiram com suas histórias de superação – Bayer incentiva a adoção de animais com deficiência com Licença PETernidade para colaboradores.

 

Neste ano, a Bayer, por meio de sua unidade de Saúde Animal, lança uma campanha especial para animais com deficiência com vídeo nos seus canais online e feira de adoção exclusiva. O objetivo da ação é jogar luz sobre a dificuldade de adoção que cães e gatos deficientes enfrentam. O Dia do Bem-Estar Animal foi criado pela multinacional alemã Bayer em 2014 e celebra o amor e respeito a todos os animais: sejam de companhia ou de fazenda.

O vídeo “Dia do Bem-Estar Animal”, lançado no Facebook Bayer Pet, busca sensibilizar as pessoas para a adoção de animais com deficiência e mostrar que estes bichos se adaptam muito rapidamente a sua condição, assim como os seus donos. O vídeo pode ser conferido aqui: https://bit.ly/2y4bh9y e apresenta a história de dois gatos e dois cachorros com diferentes deficiências.

Daura Carvalho, protetora da Toca dos Peludos, garante que os animais com deficiência são tão amorosos e inteligentes quanto qualquer outro, porém a maioria das vezes eles não têm chance de mostrar isso. “A Toca dos Peludos existe há mais de 10 anos e, neste período, apenas oito animais com deficiência foram adotados. Hoje, temos 456 animais entre cães e gatos, e muitos possuem algum tipo de deficiência. Um animal “tripé” (três patas) ou cego pode ter uma vida igual à dos bichos sem deficiência. Eles, com certeza, dão tanto amor e carinho quanto qualquer outro”, completa.

Feira de adoção para colaboradores da Bayer

A Bayer também promoverá uma campanha de adoção de animais com deficiência dentro de sua sede no bairro Socorro, São Paulo, no dia 4 de outubro. A iniciativa será realizada em parceria com a rede de pet shops Cobasi e com a Toca dos Peludos. Com a campanha, cachorros e gatos estarão na sede da companhia e poderão ter um novo lar.

“Essas ações fazem parte do programa Tratar Bem, que tem o objetivo de disseminar práticas que respeitam, atendem e satisfazem as necessidades dos animais. Um animal abandonado não tem acesso a alimentação adequada e aos cuidados veterinários e isso, além de prejudicar os animais, tem impacto na saúde pública. Acreditamos que os animais merecem ter uma vida protegida e feliz. Por isso, a Bayer tem como missão a ciência para uma vida melhor, inclusive a dos animais. Animais felizes fazem do mundo um lugar melhor para vivermos”, diz Sergio Schuler, diretor da Saúde Animal da Bayer no Brasil.

Os colaboradores que adotarem um mascote ganharão kits com produtos para pets e o direito à Licença PETernidade. Com o benefício, os adotantes terão folga no dia seguinte a ação e, por ser uma sexta-feira, serão ao todo três dias para que os donos possam se dedicar totalmente à adaptação com o novo pet.

“A licença PETernidade foi lançada em 2017 e foi um sucesso. Para nós, é fundamental apoiar o colaborador no estabelecimento desta nova rotina, principalmente com um animalzinho deficiente. É muito importante que ele tenha tempo para se dedicar aos primeiros cuidados como planejar a alimentação, cuidar da saúde e tudo que envolve o bem-estar de seu novo amigo, garantindo que a adaptação seja tranquila para todos”, conclui Elisabete Rello, head de Recursos Humanos da Bayer.

 

 

Comentários

commentários