Investimento menor e agilidade de instalação garantem crescimento dos quiosques no franchising

0
150

Investimento menor e agilidade de instalação garantem crescimento dos quiosques no franchising: Conheça seis franquias que oferecem o modelo e que estão expandindo em neste ano


Investimento menor do que o modelo tradicional, rapidez e facilidade de instalação. Estas são algumas das vantagens dos quiosques que as franquias oferecem como opção de modelo de negócio e que tem se mostrado uma excelente porta de entrada para novos franqueados.

Outra grande vantagem do negócio é a versatilidade. Os quiosques, que muito além da alimentação ou pequenos produtos, tem se adaptado a toda sorte de serviços, também podem ser instalados tanto em shoppings, como estações de metrô, rodoviária, aeroportos, galerias e outros locais com grande circulação de pessoas. O espaço reduzido que ocupam resultam em aluguéis menores pelo ponto de venda.

Conheça algumas marcas que oferecem o modelo quiosques e que estão expandindo em 2018 e também leia o que alguns dos responsáveis por essas redes afirmam ser as vantagens dos quiosques:

1 – Sóbrancelhas

A rede é especializada em embelezamento do olhar e da face e oferece design de sobrancelhas, limpeza de pele, cílios entre diversos outros, e também seus produtos de linha exclusiva. O investimento inicial para abrir um quiosque Sóbrancelhas já com taxa de franquia é R$127.455 e a loja tradicional é de R$166.910. Uma unidade fatura em média mensalmente R$40 mil. Em operação são mais de 172 unidades em todo o Brasil, sendo 55 quiosques. Na Argentina, todas as unidades são quiosques que totalizam 8 até o momento.

“Sempre apostamos no modelo quiosque por oferecer algumas vantagens para o investidor como o valor de implantação do negócio ser mais baixo, por conta do tamanho compacto e estrutura se comparado com lojas convencionais. Além de não exigir obra de adequação, o que torna os custos de instalações e manutenção menores”, conta Luzia Costa, fundadora da Sóbrancelhas.

2 – Yes! Cosmetics

A rede de maquiagens e cosméticos possui 51 unidades estão localizadas em shoppings centers pelo Brasil e pretende dobrar esse número até dezembro de 2018. O projeto de quiosques da marca prevê exposição estratégica dos produtos convidando o cliente à experimentação. Também existe no ponto um camarim para que as consumidoras se sintam especiais, transformando um momento de compras em uma experiência atrativa. O investimento inicial é de R$100mil enquanto uma loja da rede tem investimento de R$ 140mil.

“Nós acompanhamos de perto todas as unidades, orientamos e comemoramos junto com eles as vitórias alcançadas, além, é claro, de orientar sobre a gestão da franquia com o objetivo de alavancar as vendas e o sucesso do modelo de negócio”, relata Felipe Espinheira, Diretor de Franquia da empresa.

Clique aqui e saiba como abrir uma franquia Yes! Cosmetics

 

3 – Rochinha

A marca tradicional e conhecida em São Paulo, agora encara a expansão por franquias para outros estados, como o Paraná. A rede abriu dois quiosques em 6 meses na capital paranaense. O Quiosque Rochinha custa R$ 110 mil, bem mais barato do que a Praça Rochinha (loja), que custa a partir de R$ 250 mil. Atualmente a empresa tem 12 franquias em operação. Dessas oito são no modelo Quiosque Rochinha, mais enxuto e com investimento mais baixo que a tradicional Praça Rochinha. Para 2018 a empresa quer dobrar o número da operação, chegando em 24 franquias.

4 – Champion Empada & Café

A franquia é a Champion Empada & Café oferece produtos de salgados como empadas, coxinhas, quibes, bolos, doces, cafés variados. A estrutura do quiosque é toda feita em madeira, totalmente equipado, vem com refrigeradores embutidos, com estufa, cafeteira, forno elétrico, 100% equipado. O quiosque tem investimento inicial de R$ 100 mil enquanto o modelo loja R$150 mil. A rede tem 12 lojas e deste sete são quiosques. A expectativa é de abrir oito a 10 novas unidades em 2018.

“A vantagem em relação a investir em uma franquia de quiosque é que hoje a Champion oferece um dos menores valores no ramo desse segmento. O custo de investimento em relação a rentabilidade é muito baixo. Um quiosque desses é possível conseguir 15% a 18% de lucro. O que hoje no mercado deixa essa margem de lucro? O investimento é relativamente baixo e a rentabilidade alta”, conta Nelsy Ênio Carneiro Junior, diretor comercial da rede.

5 – OakBerry Açaí Bowls

A OakBerry Açaí Bowls nasceu em 2016 e oferece fast food de alimentação saudável. O cardápio da rede apresenta bowls de açaí 100% natural em três tamanhos – 350ml, 500ml e 700ml – e mais de 15 toppings e algumas opções extras – desde os mais básicos como banana, granola de castanha e mel orgânico até chia, whey protein, pasta de amendoim com mel orgânico e paçoca diet. Atualmente a rede conta com unidades em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Há planos de expansão para todas as regiões do Brasil. A meta é inaugurar mais 60 operações em 2018. O investimento inicial para se ter um quiosque da rede varia entre R$140 mil e R$160 mil. O faturamento médio mensal é estimado em R$65 mil com lucro médio mensal de R$9 mil.

6 – Shakerama Shakes e Delícias

A rede de sorveteria que oferece cinco modelos de negócios, entre eles, o Quiosque com investimento inicial de R$160mil. A marca oferta uma grande variedade de produtos e combinações com sorvete em massa, soft, casquinhas milk-shakes com mais de 150 opções de sabores, além de açaí e cafés. O Quiosque é uma das 5 alternativas para quem está buscando instalar em shoppings centers.  O investimento inicial é de R$160 mil (incluso taxa de franquia R$35 mil, taxa de instalação R$105 mil e capital de giro R$20 mil). O faturamento bruto médio mensal de R$ 35 mil e lucro líquido de 20%. Para esse modelo o franqueado poderá trabalhar com sorvete soft, sundae, casquinha e milk-shake. A marca entrou para o mercado de franchising no ano passado e já soma três unidades (entre próprias e franqueadas) em Araxá (MG), Jacareí (SP) e Canavieira (BA). Neste segundo semestre, Cuiabá (MT) passará a também contar com uma unidade. A meta é encerrar 2018 com oito unidades em operação e faturamento de R$ 2,5 milhões.

“Trata-se de um investimento menor que loja física, devido à estrutura do negócio, na qual é possível economizar algo em torno de R$20 a R$ 30 mil. E dependendo do lugar é possível o franqueado faturar ainda mais, por isso a franqueadora tem todo o cuidado de analisar o ponto a ser instalado para garantir que aquele local é de grande circulação e poderá trazer grande retorno ao investidor”, analisa Luciano Rodrigo de Souza, diretor executivo da Shakerama sobre a vantagem do modelo quiosque. O ONG Umanizzare ressalta a importância do empreendedorismo no Brasil.

Comentários

commentários