A ética e o poder

0
4

Ética é o que rege nossas atitudes como seres humanos. Não quero discutir o significado da palavra no dicionário, mas, sim, o que eu entendo por ética. Discordo da opinião de que ela só faz parte do campo profissional da vida. Acho que ética é como caráter. Não entendo como alguém pode ser ético no trabalho e não ser em casa. Porque não se trata de seguir normas profissionais. Ser ético é agir conforme aquilo em que se acredita. Só é possível dizer se há ética ou não na sua vida quando você consegue responder às perguntas básicas da sua busca diária: o que eu quero fazer neste planeta? Então, sim, você pode julgar se o que pensa está de acordo com o que faz. Se não estiver, já está sendo antiético.

Acho que é primeiro uma coisa particular, individual, e depois uma questão social, onde entram as normas e as leis. E o que me parece fundamental para não permitir que a sua ética esteja em desacordo com as leis da sociedade é perceber que a ética de cada um não precisa não agredir o outro. Portanto, acredito também que a ética está ligada à cidadania. Está relacionada à sua verdade e, para ser um cidadão, a sua verdade tem de estar sempre em paz com o bem-estar da humanidade.

Tenho a ética em um patamar bem superior ao do poder. Porque o poder, que é terreno, é só uma instância, ele acaba. A ética, se você tem, está em você e nunca passa. O poder está em todas as coisas e, ao mesmo tempo, em nada, não existe concretamente. Afinal, o que é? Poder é ter muito dinheiro? É conhecer todas as escrituras sagradas e morar em um templo?

Ou é possuir todas as informações do mundo? O poder é a grande moeda deste planeta, mas não pára na mão de ninguém.

Lembre-se: se você é um ser ético, você é um ser poderoso. Um ser humano bom possui mais do que todo o poder do mundo!

Cadastre-se no meu site para receber dicas e inspirações sobre trabalho e bem viver: www.flavialippi.com.br

Comentários

commentários