Com um faturamento anual na casa dos R$10bilhões, o setor de delivery é atrativo para novos empreendedores e está longe de ser saturado

0
273

Muito além das pizzas e orientais, franquias investem em delivery de pratos diferentes: Com um faturamento anual na casa dos R$10bilhões, o setor de delivery é atrativo para novos empreendedores e está longe de ser saturado


Pratos deliciosos em casa distantes apenas de alguns cliques em um aplicativo no celular ou, para os mais tradicionais, a uma ligação para o atendimento do restaurante. O delivery de comida faz sucesso desde que foi criado há mais de duas décadas, mas a tecnologia empregada no setor nos últimos anos fez com que os pedidos crescessem e, com eles, a oferta de pratos. Se antes se restringiam a pizzas e comida oriental, hoje pode-se receber em casa até o tradicional arroz com feijão e bife ou um frango frito americano em baldes iguais aos dos filmes da sessão da tarde.

De acordo com uma pesquisa  da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL), o crescimento do número de pedidos via aplicativo gira em torno de R$1bilhão a cada ano. O número, que em média é um aumento de 12%, faz com que o setor no Brasil movimente em torno de R$10 bilhões a cada 12 meses.  E quem não quer uma fatia de um setor assim?

Muito além das pizzas e comidas asiáticas, que abriram as portas e ajudaram a popularizar o hábito de pedir comida em casa, as franquias têm colaborado para a criação de negócios que prometem facilitar a hora das refeições entregando em casa pratos variados da culinária nacional. Esse é o caso da Mineiro Delivery que nasceu em 2012 na cidade de São José do Rio Preto (SP) e oferece comida mineira (no cardápio pratos como vaca atolada, galinhada e feijão tropeiro entre outros tradicionais da cozinha nacional) servida em uma caixinha ao estilo dos tradicionais restaurantes chinês de delivery. O modelo deu tão certo que hoje, a rede possui 120 unidades que tem um investimento inicial de R$120mil.

Quem também aposta nas famosas caixinhas chinesas é a Brasileirinho Delivery. Com pratos tradicionais como o arroz de carreteiro, feijoada e o gaúcho, a rede possui mais de 200 unidades espalhadas por todo o território nacional com um investimento inicial que varia entre R$ 95 mil a R$ 170 mil.

O sucesso dos pratos é tanto que o cardápio aos poucos foi sendo expandido e um dos últimos lançamentos da rede é uma linha vegana. “Hoje muitas pessoas procuram este tipo de produto. Há uma parcela da população que tem se preocupado cada vez mais com a saúde e a alimentação. É uma tendência que o consumo de alimentos mais saudáveis aumente”, comenta Jhonathan Ferreira, sócio-fundador da marca, sobre o público vegano e fitness.

Saindo um pouco da comida tradicional brasileira, a Frango Americano é especialista em frango frito servido em baldes, bem ao estilo estadunidense, que tanto sucesso faz mundo afora. O cardápio ainda inclui outros petiscos como porções de batatas fritas, polenta, risoto e coração. A rede oferece três modelos de negócio: delivery, express e lounge, sendo o modelo delivery o modelo com investimento inicial menor. O investimento varia entre R$100mil e R$235mil é uma opção para quem quer trabalhar com entrega de comida, mas quer algo diferente de pizzas e comidas orientais.

Clique aqui e saiba como abrir uma franquia Frango Americano

Comentários

commentários