Chef Luiza Hoffmann convida a conhecer o Bar do Meio

0
24

Imagine um lugar escolhido pela natureza para ostentar suas belezas? Com certeza Fernando de Noronha seria um bom exemplo, por ser um dos lugares mais lindos do mundo.

Agora pense em um bar no meio dessa paisagem incrível e junte com uma culinária mediterrânea maravilhosa, músicas leves, visual que pode ser romântico ou badalado e uma vibe que só entende quem já teve o prazer de visitar o local.

Essa é a descrição do Bar do Meio, que reúne todos esses prazeres e muito mais em um lugar paradisíaco criado para amantes da natureza, somado com o bom gosto e a busca de um lugar para ser feliz.

Existem ambientes que vão do lounge com espreguiçadeiras, até os famosos bangalôs estilo balinês junto com boa música ao vivo aos finais de semana, decoração sofisticada e ao mesmo tempo aconchegante, bebidas e pratos diferenciados (incluindo pratos veganos), você quase vai esquecer de admirar a paisagem que é um verdadeiro presente.

O Bar do Meio é um bar no meio do paraíso entre a praia do Meio e praia da Conceição, cheio de surpresas e momentos que a sua memória jamais vai conseguir apagar.

Bar do Meio

Endereço: Estrada da Alamoa, 130 – Fernando de Noronha

Horário: Aberto diariamente das 12h às 21h (com exceção para eventos)

Telefone: (081) 3619 0424

E-mail: [email protected]

Sobre Luiza Hoffmann

Luiza Hoffmann nasceu em São Paulo, mas cresceu em Chapecó – Santa Catarina, onde já tomou gosto pela cozinha e seus ingredientes logo cedo com o incentivo da avó.

Aprendeu na infância a importância de cada alimento, misturando o que tinha em casa e criando novidades saborosas. Além de aprender a mexer na horta e subir em árvores para colher os melhores frutos.

Estudante de Turismo e Hotelaria na Anhembi Morumbi, viajava bastante e quando estava na Austrália estudando inglês e trabalhando em férias prolongadas como garçonete, confirmou seu dom para cozinhar quando precisou substituir um funcionário no fogão.

Luiza também foi voluntária no Tsunami ocorrido na Tailândia, onde cozinhava e cuidava das crianças com muita dedicação. Essa experiência foi uma das mais intensas, pois dormia no cipó e tomava banho de balde, porém afirma que comia umas das melhores comidas da sua vida.

Anos depois, formou-se no Instituto Paul Bocuse na França, estudou alimentação macrobiótica na Holanda e fez estágio no Restaurante Martin Berasategui na Espanha, que consta no guia Michelin na categoria três estrelas. Além de participar de encontros gastronômicos como o famoso Jantar do Século, onde conheceu e trabalhou com o renomado chef Alex Atala.

Quando voltou ao Brasil, chefiou pequenas casas e logo abriu seu primeiro negócio em 2011, o Figo. Porém em 2015, deixou o restaurante e passou a se dedicar ao programa Bizu, da Food Network, que tem como principal intuito a escolha de apenas um ingrediente chave que será o principal elemento para um menu completo.

Seu maior prazer é proporcionar a todos o que há de melhor em gastronomia e por isso não parou de lançar novidades desde então. Assim nasceu o projeto Chef Em Casa, que consiste em encontros gastronômicos realizados para um grupo fechado (com aproximadamente 80 pessoas), onde após o briefing do cliente, a chef monta um planejamento completo pensado na conveniência de cada convidado e elaborando um cardápio com sugestão de harmonização.

Muito dedicada e talentosa, a chef tem um grande carinho pelas receitas da família e grandes inspirações culinárias em suas viagens internacionais para criar os mais variados e menus. E aproveitando sua paixão, inaugurou o Panela na Rua (ganhador do prêmio de melhor feira de rua de SP, na Praça Benedito Calixto), o Bar do Meio (Fernando de Noronha), o Terço (São Paulo) e o Shake Dog (Balneário Camboriú). Além de lançar uma linha exclusiva de pães integrais e doces funcionais sem adição de glúten e lactose.

Com o intuito de oferecer experiências gastronômicas para que os clientes possam desfrutar ao máximo estes momentos especiais, a chef preza pela excelência na qualidade e no sabor dos pratos oferecidos, seja na produção em grande como em pequena escala.

Sua agenda está voltada também para participação de feiras e eventos gastronômicos em locais escolhidos pelos clientes, usufruindo de elementos orientais, europeus e com a consciência do uso de alimentos orgânicos e a busca por uma cozinha saudável e sustentável.

Comentários

commentários