O casamento

O casamento


Casamento significa união, não é? Então por que estabelecer tantas regras para o casamento, como a sociedade faz? Por que um casamento que dá certo é só aquele que dura trinta, quarenta anos, para sempre? Ou aquele que constitui uma família? Ou só quando as duas pessoas moram na mesma casa?

União é quando duas pessoas se juntam, seja como for, da forma que escolherem e como estiverem felizes. É aceitar o outro como ele é: morando na casa dele, morando na sua, morando os dois juntos em uma terceira casa, ou namorando a vida inteira… Não é?

E união é também confiança. A confiança é o único laço possível para perpetuar um relacionamento. É na confiança que estão estabelecidos os laços de união, harmonia e serenidade. Porque sem confiança você não permite que o outro busque alternativas na vida, por medo de perdê-lo. E uniões verdadeiras não aprisionam, pelo contrário, libertam.

Casamento, portanto, é união e confiança. Mas de que forma duas pessoas fazem isso acontecer na prática, é problema delas. Um relacionamento sadio é aquele em que ambos encorajam no outro a busca de horizontes sociais e espirituais mais amplos, novas amizades, novos caminhos, sem jamais se sentirem ameaçados por eles. O resto é imposição da sociedade.

Cadastre-se no meu site para receber dicas e inspirações sobre trabalho e bem viver: www.flavialippi.com.br