Especialista explica o papel do turnaround no momento atual do mercado

Especialista explica o papel do turnaround no momento atual do mercado


Para Flávio Ítavo, mais de 30 anos de expertise em recuperação de empresas, o momento atual inspira preocupação e é preciso desmistificar o turnaround para possibilitar que mais empresas possam recuperar seu potencial de crescimento.

A situação das empresas brasileiras inspira preocupação. A frase é de Flávio Ítavo, especialista com mais de 30 anos de expertise em processos de Turn Around. Segundo ele, aproximadamente 1/3 das empresas está em situação que poderíamos considerar “de crise”. “Não há dados confiáveis sobre os diferentes motivos que levaram estas empresas a tal situação, mas não é difícil entender os principais”, revela o especialista. Ele aponta algumas:

A crise macroeconômica acabou por reduzir a base de vendas de todas as empresas. Dependendo da cadeia e do setor muitas passaram a ter um faturamento abaixo da linha de “break even”. Esta mesma crise reteve ou eliminou o acesso ao crédito. Isto quando as empresas estão com menos recebíveis.

Flávio ainda enfatiza: “aquelas empresas que no início da crise estavam com reservas e boa estrutura de capital, nos últimos anos sofreram bastante. Na outra ponta da régua, todas aquelas empresas que estavam endividadas, e não foram poucas, ou mesmo aquelas que ainda não estavam endividadas, mas possuíam uma estrutura de capital mais frágil, estão agora enfrentando severas crises”.

Com tantas empresas em crise, qual o papel do Turnaround, processo conhecido como recuperação ou renovação corporativa? Para Flávio Ítavo, o primeiro passo para sair dessa estagnação, ou pior, dessa curva decrescente, é a aceitação de que é necessário buscar ajuda: “Turnarounders trabalham em seu cotidiano com poucas oportunidades e muitos desafios. São acostumados a fazer muito com pouco, ao mesmo tempo em que alavancam resultados e alinham as estruturas e a comunicação corporativas. Mas, para isso, precisam de confiança e, especialmente, precisam que as empresas admitam a situação ruim para que possam sair dela”, explica.

Flavio também enfatiza que há poucos turnarounders no mercado. Na verdade, são muito raros aqueles que podem exercer e comprovar resultados na função. “A conscientização das empresas e a especialização de mais profissionais para garantir processos corretos de recuperação podem ser a grande saída para o momento atual do mercado”, comenta Flávio, que finaliza: “meu ponto de vista é que, em algum momento nos próximos anos, teremos que apresentar a um grande número de gestores as técnicas e modelos de gestão que possam aportar condições para que sejam salvas um grande número de empresas”.

Sobre Turnaround

O Turnaround ficou conhecido como processo de recuperação ou renovação corporativa. As estratégias de Turnaround visam avaliar todos os setores de uma companhia, incluindo seus valores e sua missão, propor e executar estratégias agressivas para uma reestruturação profunda e uma mudança de rumo que recoloque a empresa no eixo e permita voltar a crescer. Embora muitas companhias ainda tenham dificuldade em admitir a necessidade do Turnaround, o processo já ajudou a recuperação e na volta por cima de muitas marcas no Brasil e no mundo.

 

Sobre Flávio Ítavo

Executivo com experiência em empresas multinacionais e nacionais de grande porte de diferentes segmentos como Danone, Warner Lambert, Bunge Alimentos, Coty Inc, KPMG, Belsonno, Grupo Canopus e Grupo Niponsul, em posições de Gerência Geral e Diretoria Financeira, de Produção e Vendas, e em Turnaround de empresas como Avis Renta a Car e Cofibam, Fávio Ítavo especializou-se na recuperação de companhias e no redirecionamento para alavancar vendas e resultados. Ao longo de 30 anos, Flávio construiu uma carreira sólida como negociador, na criação de alianças, joint ventures, compra e venda de empresas, desenvolvedor de estratégias e táticas de sucesso, criador e iniciador de novos segmentos, produtos e mercados. Hoje, é um dos maiores especialistas em Turnaround, focando seus esforços na recuperação de grandes empresas e readequação aos novos tempos do mercado.

Saiba mais:

Flávio Ítavo | http://flavioitavo.com.br/ | flavio_itavo@uol.com.br