As vitimas das redes sociais no Brasil não possuem uma legislação que as defenda

As vitimas das redes sociais no Brasil não possuem uma legislação que as defenda


O Google hoje é a maior ferramenta de busca do mundo, responsável por 90% das pesquisas. Logo, se alguém não tem nada online, por optar por uma vida privada sem exposição digital, caso aconteça uma noticia ruim, ao se  espalhar será o único evento com o nome dela, por ser a única informação presente nas buscas, mesmo que negativa, pois foi a única que expôs durante a sua vida nas redes.

Outro exemplo de indexação nas buscas se dá pelo Jusbrasil, que republica todos os processos e mesmo que a pessoa seja inocente, fica o registrado online de uma acusação.

Quando se precisa de uma boa reputação online, seja para uma concorrência, visto, entrevista de trabalho etc, estes tipos de informações negativas acabam virando um problema, pois estarão sempre nas buscas, marcando pessoas quem não tem uma boa defesa de reputação.

Em casos de crianças e adolescentes, que fizeram alguma ação sem pensar na consequência, pode até causar um estrago na vida deles, que seria o Cyberbulling, o que pode incentivar até o suicídio. E neste caso, o Google não toma ação alguma no Brasil, já na Europa existe um ato que você pode pedir ao Google para tirar termos maléficos de um resultado de pesquisa sobre a vida de uma pessoa,  a lei é chamada Direito dos Esquecidos, e funciona só na Europa e não nas Américas, onde por aqui as pessoas ainda sofrem com o Cyberbulling.

Da mesma forma que existem ferramentas para limpar o nome de uma pessoa, as mesmas podem acabar com o histórico de alguém. Justamente onde entra a Silicon-Minds, para suprir as necessidades de quem precisa ajuda para criar uma boa reputação online, enquanto não existem leis e as pessoas, mesmo o Google não estão preparados para fazer esta defesa de quem esta sendo vitimizado de discursos de ódio, algum tipo de bulling, o Repitation defende quem passa por esta situação.

 

Fernando Azevedo explica o por que as noticias velhas não saem da internet, pois geralmente porque nao existe competição com a noticia antiga. Há 10 anos, ao procurar ‘iphone’ você achava as informações do primeiro iphone. Agora a pesquisa da palavra ‘iphone’ mostra resultados do iphone 7, ou iphone x. As noticias do iphone 1 foram substituídas por conteúdo mais novo que gerou curtidas, compartilhamentos, cliques e links de outros sites apontando para a nova noticia.

O que fazemos é recriar noticias nao negativas para pessoas e empresas e recriar os fatores de viralidade para que estas novas noticias entrem na frente das noticias negativas, levando-as para 2a, 3a, 4a pagina. A melhor armadilha que vemos no trabalho de reputacao é a pessoa nao ter uma participacao na internet com seu nome completo. Dai, quando algum problema de reputação acontece, so existem noticias negativas aparecendo nos resultados do nome da pessoa ou da empresa.

Para mais informações sobre o projeto da Silicon-Minds: silicon-minds.com | 415 316 7363

 

Silicon-Minds busca maneiras efetivas para marcas e pessoas físicas conquistarem uma presença positiva online, por meio de E-Commerce, Seo, Apps e Online Reputation. A empresa de Reputação Online é americana, fundada em 2014 por brasileiros, com sede em Miami e Vale do Silício.

 

A inovação que apresenta ao mercado brasileiro, Reputation, consiste em manter uma reputação online positiva de maneira constante, uma vez que a necessidade em ter uma boa reputação pode aparecer em qualquer momento. Veja exemplos:

 

  • Obtenção de um visto especial
  • Solicitação de faculdade no exterior
  • Abrir uma empresa
  • Preservar e proteger o status social e familiar
  • Participação em concursos públicos ou privados
  • Concorrendo em cargos eletivos ou políticos
  • Networking
  • Novos Negócios
  • Obter um empréstimo
  • Captação de recursos
  • Compra de imóvel
  • Atrair novos clientes